Construção com Estrutura Metálica

Seguindo a tendência mundial, onde há décadas faz-se o uso de estruturas metálicas em edificações de múltiplos andares, o Brasil, finalmente despertou para o grande mercado da construção civil industrializada. Graças a esta revolução a Pateantelo em sua área de atuação, criamos projetos e construímos edificações de estruturas metálicas no atendimento das necessidades deste novo segmento.

Concomitantemente ao desenvolvimento da industria do aço, e a exemplo do que ocorre nos países mais desenvolvidos, foram criadas empresas nacionais e de capital estrangeiro, para fornecimento de produtos e serviços complementares a este tipo construtivo industrial e predial.

E exemplificamos aqui as vantagens das estruturas metálicas em edifícios

A cada obra, mais e mais vantagens decorrentes da utilização das estruturas
metálicas são aferidas. Dentre outras as mais importantes são:
· Maior liberdade no projeto arquitetônico com utilização de vãos livres maiores
· Alívio nas fundações em até 30% e conseqüente redução nos custos
· Organização total no canteiro de obra
· Garantias de níveis e prumos. A construção convencional trabalha ao centímetro,
enquanto a construção metálica tem a precisão do milímetro
· Racionalização de materiais e mão-de-obra. A obra transforma-se num processo industrial contínuo e de fácil controle
· Menores custos administrativos
· Redução de acidentes
· Melhor qualidade da obra devido aos processos mecanizados
· Flexibilidade na construção: montagem e desmontagem mais rápidas
· Escadas pré-fabricadas utilizadas durante a obra
· Menor prazo de execução e retorno financeiro antecipado
· Compatibilidade com outros sistemas construtivos industrializados
· Otimização do “grid” da obra
· O aço é 100% reciclável
É de suma importância enfatizar que, comparativamente, as obras que utilizam
procedimentos industrializados, proporcionam menor custo global, embora em
alguma etapa, haja discrepância de valores com a construção convencional.

Suas Normas
Toda a estrutura metálica deverá ter proteção passiva, proteção catódica, de
acordo com normas e legislações vigentes, e seguindo as orientações do Projeto
Específico desenvolvido por nossos projetistas especializados e seu Cálculo
Estrutural.
Normas

O detalhamento e a fabricação das estruturas deverão obedecer às Normas abaixo listadas:

  • NBR 8800/86: Projeto e execução de estruturas de aço de edifícios;
  • NBR 6123: Forças devido ao vento em edificações;
  • AISC: (American Institute of Steel Construction) - 9ª Edição;
  • AISI: American Iron and Steel Institute / Specification for Design of Cold- Formed, Steel Structural Members;
  • ASTM: (American Society for Testing and Materials);
Aplicações do Projeto Ligações Soldadas

Todas as ligações soldadas de oficina deverão ser executadas de preferência com solda de ângulo, por arco elétrico conforme a A.W.S. As soldas deverão ser executadas de conformidade com a A.W.S. A-5. 1 ou A-5.5, e com eletrodos da série E-70XX ou por arco submerso GRADE SAW-2. Oxicorte.

Deverá ser permitida a utilização de equipamento comum de corte a maçarico na oficina.

As peças cortadas deverão apresentar um bom acabamento, equivalente a um corte por serra mecânica.

Não deverá ser permitido alargamento de furos com maçarico, seja de oficina ou de obra.

A utilização de maçarico, fora dos casos comuns deverá ser aprovada pela fiscalização.

Inspeção de Fabricação e qualidade aplicada:

Deverão ser fornecidos todos os documentos pertinentes, tais como:

  • Certificado de matéria prima fornecida por terceiros.
  • Certificado dos eletrodos, parafusos, porcas ou quaisquer outros materiais.
  • Qualificação dos procedimentos de soldagem e soldadores.
  • Certificado de galvanização a quente.
  • Os critérios para a inspeção, seja para aceitação ou rejeição das estruturas, serão baseados nos seguintes códigos e especificações:
  • Norma NBR 8800 da ABNT
  • Specification for Design, Fabrication and Erection of Structural Steel for Buildings AISC
  • Specification for Welding in Building Construction - AWS
  • Tratamento Superficial (ambiente urbano/rural).
Proteção catódica das estruturas metálicas

Nesta parte do projeto será utilizado primer bi componente com alto teor de zinco, que proporcionará proteção galvânica ativa para as armaduras, pois o zinco sendo mais eletronegativo que o aço funciona como “ânodo de sacrifício” no processo de corrosão. Assim ao invés de óxido de ferro, formam-se óxidos de zinco, que por sua natureza, não são expansivos e, portanto, não devem causar danos ao concreto armado. A introdução de um primer rico em zinco para a proteção das armaduras significou seguramente um grande avanço no desempenho e extensão da vida útil residual dos sistemas de reparo. Este primer nada mais é que uma proteção catódica galvânica sem corrente impressa, garantindo uma maior vida útil para o reparo, já que o zinco é um ânodo de sacrifício. A corrosão galvânica é um tipo de corrosão em que o mecanismo é o mesmo que ocorre no caso de corrosão generalizada. Há uma reação de oxidação junto ao ânodo, e uma redução junto ao cátodo.

Image

Contato

  •  (21) 2569-4967
  •  (21) 98444-0909
  •  comercial@pateantelo.com.br
©2022 Pate Antelo Consultoria & Construção. Todos os direitos reservados. Design por Netart Web

Search